ABERTO

Portugal Inovação Social

Parcerias para o Impacto

A Portugal Inovação Social é uma iniciativa pública, pioneira na Europa, que visa promover a inovação e o empreendedorismo social e dinamizar o mercado de investimento social em Portugal. Criada no âmbito de Portugal 2020, mobiliza cerca de 150 milhões de euros de Fundos da União Europeia para financiar projetos que proponham abordagens alternativas e inovadoras para responder a problemas sociais.

ABERTO

Capacitação para o Investimento Social

Financia o desenvolvimento de competências de gestão que permitam às organizações da Economia Social implementar com sucesso um projeto de inovação social.

Parcerias para o Impacto

Financia projetos de inovação social, em parceria com investidores sociais, para que alcancem maior escala e impacto.

Títulos de Impacto Social

Financia projetos inovadores em áreas prioritárias de política pública, mediante o atingimento de resultados sociais mensuráveis previamente contratualizados.

Fundo para a Inovação Social

Facilita o acesso ao crédito e coinveste em organizações implementadoras de projetos de inovação social com modelos de negócio sustentáveis.

Parcerias para o Impacto

Objetivo
Apoiar a criação, desenvolvimento ou crescimento de projetos de inovação e empreendedorismo social, em formato de cofinanciamento com investidores locais.

O que financia?
Projetos que visem desenvolver produtos ou serviços inovadores que respondam a problemas sociais e gerem impacto social positivo.

Como funciona?
– Financiamento não reembolsável direto à entidade implementadora do projeto de inovação e empreededorismo social;
– Financiamento público até 70% do custo total do projeto, sendo os restantes 30% garantidos por um ou vários investidores sociais;
– Financiamento público superior a 50 000€ (valor mínimo do projeto 71.428,58€);
– Incentiva-se o acompanhamento e mentoria ao projeto por parte dos investidores sociais;
– O projeto deve prever, pelo menos, um indicador com meta quantificável que permita avaliar o seu impacto social.

Quem se pode candidatar?
As entidades implementadoras do projeto, elegíveis para efeitos deste financiamento, podem ser:

– Privadas;

– Economia Social, independentemente de assumirem a forma pública, designadamente:
/ Cooperativas;
/ Associações mutualistas;
/ Misericórdias;
/ Fundações;
/ Entidades com o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social;
/ Associações;
/ Entidades abrangidas pelos subsetores comunitário e autogestionário.

– Instituições de ensino superior públicas.

Quem pode ser Investidor Social?
Podem assumir o papel de investidores sociais organizações do setor privado, da Economia Social ou do setor público, nacionais ou internacionais (desde que não tenham relação de controlo com a entidade implementadora).

14

Concursos

346

projetos aprovados

37

milhões de euros financiamento público aprovado

341

investidores sociais

14,5

milhões de euros de investimento social mobilizado