PRR: reforço de 8ME para agricultura

PRR: Assinados acordos para a transferência de tecnologia e conhecimento para a agricultura

No passado dia 8 de junho de 2022, 11 consórcios de todo o país, inclusive instituições do ensino superior, centros tecnológicos, organizações e produtores, assinaram os contratos que visam a mitigação e a adaptação às alterações climáticas, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência. Os contratos foram assinados numa cerimónia realizada no Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas em Santarém, e contam com uma dotação global de 8,5 milhões de euros.

Aumento do rendimento dos agricultores e dos apoios à inovação e desenvolvimento na agricultura
A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, salientou aquando da assinatura dos contratos, que alguns dos seus objetivos são: aumentar os rendimentos dos agricultores em 15%; aumentar a adesão à dieta mediterrânea em 20%, com o desígnio de valorizar os produtos endógenos; e, por fim, aumentar em 60% os apoios para a inovação e desenvolvimento na agricultura.

Investimento na inovação dos processos produtivos
Com o intuito de desenvolver a agricultura, a ministra Maria do Céu Antunes considera fundamental que as explorações invistam na inovação dos processos com a finalidade de melhorarem as técnicas de produção. Maria do Céu Antunes, apontou como exemplos o recurso a sementes com maior rendimento, a conservação de solos ou a rega mais eficiente, evidenciando que estes fatores irão contribuir para atingir a meta de aumentar a produção nacional de cereais de 18% para 38%.

Sinergia entre os vários apoios
Maria do Céu Antunes, Ministra da Agricultura, considera que as referidas metas apenas poderão ser atingidas com o recurso à sinergia entre os 93 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência, as verbas previstas no plano estratégico da PAC e o Portugal 2030.

Patrícia Neves

Partilhar

2022-06-22T09:23:17+00:00
Go to Top