Fundo Ambiental:
Venda de carros elétricos subiu 55% em 2022 e vai crescer 35% este ano de 2023

A venda de carros elétricos no mundo aumentou 55% para mais de 10 milhões em 2022, representando 14% do total, e vai crescer 35% em 2023, ou seja, 18% das compras mundiais.

No relatório anual sobre o mercado de veículos elétricos, a Agência Internacional de Energia (AIE) refere que em 2022 havia uma frota de 26 milhões de unidades, cinco vezes mais do que em 2018, e mais de metade (13,8 milhões) estavam na China.

China, Europa e EUA são os países com mais carros elétricos
A esmagadora maioria das vendas de carros elétricos até o momento está concentrada principalmente em três mercados – China, Europa e os Estados Unidos. A China é a pioneira, com 60% das vendas globais de carros elétricos ocorrendo lá em 2022. Hoje, mais da metade de todos os carros elétricos em circulação no mundo estão na China. A Europa e os Estados Unidos, segundo e terceiro maiores mercados, registaram forte crescimento, com vendas aumentando 15% e 55%, respetivamente, em 2022.

Consumo de carros elétricos com aumento de cerca de 25% na Europa
O maior mercado europeu em termos de volume no ano passado foi o da Alemanha (830 mil unidades), bem à frente do Reino Unido (370 mil) e França (330 mil). A Espanha registou pouco mais de 80 mil unidades.

Em termos relativos, os países onde os veículos elétricos representaram a maior parte das vendas de automóveis no ano passado foram a Noruega (88%), a Suécia (54%), os Países Baixos (35%), a Alemanha (31%), o Reino Unido (23%) e a França (21%).

Para este ano, após um primeiro trimestre com um aumento limitado a 10% em relação ao mesmo período de 2022, o ano deverá terminar com um aumento de cerca de 25%.

Os Estados Unidos, o terceiro maior mercado, cresceram mais rapidamente em 2022 em termos relativos do que o europeu e chinês: 55% o ano passado, com 800.000 unidades, alcançando uma quota de quase 8%, após 5% registada em 2021 e apenas 2% entre 2018 e 2020.

Europa e EUA aprovam Legislação 2030 para atingir metas de redução de CO2
A União Europeia e os Estados Unidos aprovaram legislação para atender às suas ambições de eletrificação. A União Europeia adotou novos padrões de CO2 para carros e carrinhas que estão alinhados com as metas de 2030 definidas no pacote Fit for 55. Nos Estados Unidos, a Lei de Redução da Inflação (IRA), combinada com a adoção da regra Advanced Clean Cars II da Califórnia por vários estados, poderia proporcionar uma participação de mercado de 50% para carros elétricos em 2030, em linha com a meta nacional.

Portugal: Consumo de Veículos de Emissões Nulas
Face ao setor da mobilidade, o Gabinete do Ministro do Ambiente e da Ação Climática criou um Fundo Ambiental para Incentivo de Introdução ao Consumo de Veículos de Emissões Nulas para apropriação de energias de tração alternativas e ambientalmente mais favoráveis, como a tração 100% elétrica para ligeiros de passageiros, logística urbana, mobilidade ativa ciclável e carregadores para veículos elétricos.

Saiba como candidatar-se para este apoio em: https://start-pme.pt/fundo-ambiental/

Joana Ramos

Partilhar

2023-05-03T11:58:29+01:00