Como ficar no topo das pesquisas do Facebook — em 10 passos simples

Com 2 milhares de milhão de pesquisas diariamente, potenciar a sua presença no motor de busca do Facebook traz inúmeras vantagens para a sua página e, sucessivamente, ao seu negócio.

O motor de busca do Facebook está a competir de forma cada vez mais direta com o Google. A plataforma criou o chamado Graph Search que, através de um algoritmo, proporciona ao seu utilizador resultados de pesquisa personalizados e mais responsivos às palavras-chave inseridas. Este algoritmo considera fatores como as reações em publicações, localização, idade, género, gostos pessoais e interesses. Assim, o utilizador poderá encontrar rapidamente outros perfis ou, até mesmo, páginas e grupos, incluindo uma lista de posts criados/partilhados por outras pessoas. 

O Google continua a ser o motor de busca preferido dos internautas, no entanto, está a perder terreno. Como o Facebook se esforçou por filtrar e selecionar a informação à medida de cada utilizador, e existe ainda a possibilidade de inserir e visitar conteúdos da Web através da plataforma da rede social, poderá, daqui a uns anos, tornar-se no motor de busca preferencial. De acordo com o relatório oficial do Facebook, as principais buscas apresentadas vão ser de fontes confiáveis.

Veja as nossas 10 dicas simples para que possa dar o empurrão que falta à sua página.

1. Nome da Página

A forma mais fácil e rápida de uma página ser encontrada no Facebook é através do seu nome. No entanto, muitas pessoas não conhecem o nome de uma empresa, mas apenas a área em que esta atua. Desta forma, torna-se importante incluir o ramo de negócio, numa palavra-chave, após o nome da página. Por exemplo: José Pinto – Reparações.

Assim sendo, as chances de a sua página ser encontrada tanto pelo seu nome como pela sua atividade aumentam satisfatoriamente.

2. Personalização do URL

O URL garante o acesso direto à sua página do Facebook. A sua personalização é muito importante porque poderá criar um nome de utilizador de acordo com o seu negócio, o que facilitará a pesquisa para quem o quer encontrar/interagir consigo. Para além de criar um reconhecimento da sua marca no Facebook também estará a posicionar-se mais facilmente nas pesquisas Google.

É importante que o seu URL contenha o nome do seu negócio e uma palavra chave relacionada com a área em que atua, tal como vimos em cima. Ainda assim, tente ser o mais conciso e curto possível.

3. Capriche no Sobre

Esta é a secção mais importante da sua página e é nela que deve despender mais tempo. Será necessário criar um pequeno texto descritivo do seu negócio, de forma a entregar aos seus visitantes todas as informações pertinentes sobre a sua empresa.

Neste pequeno texto deve incluir algumas palavras-chave relevantes (duas a três) para o seu negócio, pois serão uma mais valia para si, enquanto resultado de pesquisas. Pode e deve colocar estas palavras noutras secções do seu Sobre, como por exemplo em Tópicos.

4. Categorias, Contactos, Localização, Horários

Preencher todas as secções da sua página é de extrema importância e o Facebook baseia-se em todas as suas informações para otimizar os seus resultados. Não deixe nenhum espaço em branco, nem que em alguma das questões responda com apenas “sim” ou “não”.

Adicione as categorias do seu negócio! Mesmo que durante a criação da sua página só pudesse identificar apenas uma categoria, agora pode voltar a editar o campo “Sobre” e adicionar mais duas. Isto irá melhorar a sua visibilidade de acordo com as palavras chaves utilizadas durante as pesquisas.


Verificar a localização do seu negócio na sua página irá ser vantajoso. E não se esqueça de colocar todos os seus contactos e endereços.

5. Interagir com outras páginas

Qualquer rede social vive da interação. O facto de ter uma página não impede que a interação com outras páginas deixe de acontecer. Pelo contrário, é muito importante para que a sua página se dissemine pela rede. Aproveite e deixe o seu “Like” junto de outras páginas em que tenha interesse e comente nas publicações. Se este engajamento for oportuno, chamará a atenção dos internautas e impulsionará os seus resultados.

6. Posts com palavras chave

Não limite o uso de palavras-chave apenas à secção Sobre. Sempre que possível, inclua uma keyword na descrição dos seus posts. Desta forma, aumenta as possibilidades das suas publicações alcançarem melhores resultados nas buscas do Facebook e, consequentemente, para o aparecimento de novos visitantes.

7. Conteúdo

O objetivo de qualquer página é aproximar a sua marca do seu público, de forma a criar um relacionamento com o mesmo. É a partir do conteúdo que publica na sua página que esta interação irá acontecer. Interessa descobrir quais são os assuntos relevantes para o seu público, de forma a criar conteúdo de qualidade.

Já pensou em gravar uma dica para o seu cliente? Publicar um vídeo de como o seu produto é fabricado, embalado ou até mesmo consumido? Que tal uma fotografia da sua equipa? Este tipo de publicações potenciam uma maior interação com o público e por isso maior visibilidade. O importante é criar discussões na sua página, onde haja partilha de informação e de opiniões de uma forma informal.

Na hora de publicar, tenha em atenção ao horário. Faça publicações regulares, e tente diversificar com vário tipo de conteúdo: texto, fotos ou vídeos.

8. Pedir verificação da página

Ter a sua página verificada é uma ferramenta valiosa para um bom posicionamento nos resultados de pesquisa. Este visto de verificação é muitas vezes decisivo no momento do click pois permite ao visitante saber se a sua página é fidedigna e oficial em comparação a outras. Pode oferecer muita credibilidade, de forma gratuita, à sua empresa com este pequeno detalhe. Veja como pedir verificação da sua página.

9. Promover as avaliações

O algoritmo do Facebook tem em conta consideração vários aspetos, no que toca à visibilidade de uma página. As avaliações são dúvida um fator determinante na escala de visibilidade. Quando uma página tem uma boas avaliações no Facebook, o sistema entende que essa página é boa, credível, tem um produto de qualidade e por isso vale a pena mostrá-la mais aos utilizadores.

O mais recente estudo Local Consumer Review, da Brightlocal, que incluiu mais de 1,000 cidadãos americanos, revelou que o Facebook tende a ser a forma mais popular e utilizada pelos consumidores para avaliarem negócios locais. Uma outra pesquisa levada a cabo pela Vendasta sugere que 40% dos consumidores formam a sua opinião sobre um negócio após lerem 3 avaliações e, antes de fazerem uma compra, analisam cerca de 10. A mesma pesquisa citada anteriormente mostrou que 94% dos consumidores fariam negócio com uma empresa que tenha  pelo menos 4 estrelas na avaliação no Facebook.

É muito importante que aproveite para promover esta ferramenta junto dos seus visitantes e que lhes peça para avaliarem e deixarem uma crítica na sua página. Para além disso, é extremamente valioso responder às reviews recebidas, através de um like ou de um comentário porque mostra que está atento e o cliente tem em consideração o seu feedback. Aprenda a ativar as avaliações da sua página aqui.

10. Chamada para a Ação

Uma dica do Facebook é colocar como “ver primeiro” as páginas que gostaria de ver primeiro no seu feed. A nossa dica é que influencie os seus seguidores a fazerem isso com a sua página, pois irá aumentar a sua visibilidade.
Uma das formas de conferir se a sua estratégia de SEO no Facebook está a surtir efeitos positivos é consultar as estatísticas da sua página. O Facebook permite-lhe saber de que forma as pessoas que encontraram e visualizaram a sua página. Basta clicar em Estatísticas > Visualizações da página > conferir o gráfico Fontes Principais.

A sua página de Facebook agradece.
Se tem dúvidas ou deseja saber mais sobre como a utilização das redes sociais pode ajudar a sua empresa, contacte um consultor Smart e faça um check-up gratuito. Comece agora.

2018-07-02T14:18:49+00:00 Julho 2, 2018|Gestão Empresarial, Marketing, Start-ups|0 comentários

Deixe Um Comentário