agricultura de precisão

Apoio de 12 milhões de euros para a agricultura de precisão

A Ministra da Agricultura e da Alimentação, anunciou no passado dia 3 de maio de 2022, a abertura de um aviso direcionado para a agricultura de precisão, o qual deverá ocorrer em julho e contar com uma dotação global de 12 milhões de euros. A abertura deste aviso tem como objetivo tornar a tecnologia da agricultura de precisão acessível para todos.

A presente metodologia agrícola deve ser aplicada aos vários setores da agricultura e permite, não só uma melhor utilização do solo agrícola, como também a utilização racional e sustentável dos demais recursos naturais, contribuindo deste modo para a sustentabilidade ambiental, uma temática que está nas prioridades do governo atualmente.

Setores leiteiro e de cereais
Relativamente ao setor dos cereais a estratégia do Governo assenta no aumento do nível de autoaprovisionamento do país de 18% para os 38%, através da aplicação de um conjunto de incentivos, nomeadamente no âmbito da Política Agrícola Comum. Já em relação ao setor leiteiro, a Ministra Maria do Céu Antunes lamenta que o mesmo esteja a atravessar a pior fase económica dos últimos 20 anos, prometendo um conjunto de medidas de investimento nas explorações agrícolas, direcionadas somente para o setor leiteiro, com uma dotação de 5 milhões de euros. Além destas medidas, o setor leiteiro irá contar com 200 mil euros em ajudas às organizações interprofissionais, assim como, um reforço no âmbito do Plano Estratégico da PAC, das ajudas ligadas ao leite de vaca.

51 milhões de euros oriundos do Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural
A Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, anunciou que o Orçamento de Estado para 2022 prevê o reforço em 23,5% da área da agricultura e da alimentação, contando com 18,2 milhões de euros para apoiar os setores da suinicultura, aves, produção de ovos e leite, em articulação com os 9 milhões de euros presentes no orçamento comunitário. Além deste reforço, o setor agrícola irá contar também com 51 milhões de euros oriundos do Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural.

Agricultura de precisão
A agricultura de precisão consiste num conjunto de ferramentas e tecnologias que permitem ao produtor conhecer toda a área de cultivo de uma forma mais completa e em todas as suas dimensões, contribuindo para o aumento da rentabilidade da mesma. A Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes defende a importância desta metodologia agrícola, salientando como principais vantagens o aumento de produção, assim como, a diferenciação do país pela qualidade dos produtos produzidos.

Patrícia Neves

Partilhar

2022-05-25T15:22:48+00:00
Go to Top