Inteligência emocional nas empresas

O papel da inteligência emocional na gestão de uma empresa

A gestão de uma empresa pode ser condicionada por um número variado de fatores, nomeadamente elementos que agem de forma silenciosa, contudo os seus resultados positivos ou negativos causam um forte impacto. Um destes elementos silenciosos é a inteligência emocional. Num ambiente extremamente competitivo como é o empresarial, a maneira como lidamos com as nossas emoções pode representar um fator diferencial de mercado relativamente aos demais concorrentes. Deste modo, torna-se fundamental que os colaboradores e líderes adquiram as ferramentas fundamentais que lhes permitam incrementar a sua capacidade de inteligência emocional.

Ao longo deste artigo iremos conhecer melhor o conceito de inteligência emocional, as suas vantagens, como a desenvolver e de que forma esta pode ter impacto na gestão sustentável de uma empresa.

Inteligência emocional
A inteligência emocional consiste na capacidade de lidar e gerir as próprias emoções através da sua utilização em proveito próprio. Relativamente às empresas e negócios, este conceito define-se como o ato de considerar e entender as emoções de outras pessoas como acionistas, gestores, colaboradores, parceiros de negócios ou clientes, procurando analisá-las, com o objetivo de retirar vantagens para todos os envolvidos.

O conceito de inteligência emocional assenta em cinco pilares essenciais:

- Autoconsciência:
reconhecer as próprias emoções é o primeiro passo para desenvolver a sua inteligência emocional. Assumir o que sentimos permite-nos aceitar as nossas emoções e trabalhá-las;

- Autorregulação:
a autorregulação é essencial para que nos possamos relacionar com os outros e não deixar que as nossas emoções interfiram de modo negativo nas nossas relações pessoais e sobretudo profissionais;

- Auto motivação:
esta é uma capacidade extremamente importante porque nos permite direcionar as emoções com a finalidade de alcançar os objetivos definidos;

- Empatia:
a empatia é uma característica poderosa. É a capacidade de uma pessoa se colocar no lugar do outro, conectando-se com o outro e levando a um entendimento das situações e perspetivas diferenciadas. Nos negócios, é essencial para criar boas relações com parceiros e clientes, o que acaba por se transformar em resultados positivos;

- Socialização:
Gerir as emoções de uma forma positiva e na relação com os outros, sejam colegas, parceiros ou clientes, permite promover uma melhor convivência com os outros, criar um ambiente de cooperação e proporcionar negócios frutíferos.

A forma como uma pessoa vê o mundo, o seu modelo mental pode ter repercussões na maneira como exerce o seu papel de líder, nomeadamente a forma como perceciona a organização e as pessoas. Por exemplo, um líder inteligente e participativo consegue mais facilmente reunir todos os colaboradores em prol do mesmo objetivo, promovendo deste modo, um ambiente de trabalho apelativo.

Vantagens da implementação de uma estratégia de inteligência emocional
Algumas das vantagens inerentes à implementação de uma estratégia de inteligência emocional numa empresa são:

- Melhoria da produtividade:
uma gestão inteligente das emoções permite a sua conversão como fonte de motivação e consequente aumento dos níveis de produtividade. O sucesso na utilização de estratégias de Inteligência Emocional permite compreender as variáveis subjetivas e assim gerar melhores resultados nos colaboradores de uma empresa;

- Aumento das vendas e receitas financeiras:
a Inteligência Emocional apresenta um enorme potencial no que diz respeito ao entendimento das reações por parte dos clientes, possibilitando à empresa utilizar essas informações para compreender as preferências evidenciadas pelos clientes. Esta perceção permite criar soluções com vista ao aumento das vendas e consequentemente um maior retorno financeiro;

- Permite a tomada de decisões mais racionais:
a constante dicotomia razão versus emoção constitui um fator que retira a racionalidade das atividades do quotidiano, pois enquanto seres humanos, o impulso é sempre tomar decisões tendo por base as emoções. A Inteligência Emocional quando aplicada nos negócios gera um ambiente avançado de gestão de risco empresarial com base na racionalidade;

- Reações positivas perante as adversidades:
as adversidades são imprevistas e inevitáveis, contudo o que diferencia pessoas e empresas das restantes é a sua capacidade de ter reações positivas perante situações que decorrem de forma diferente do esperado. A Inteligência Emocional ajuda a compreender as reações, de modo a ultrapassar as adversidades e a procurar soluções para os obstáculos encontrados.

Como desenvolver a inteligência emocional:
O conceito de inteligência emocional apresenta um conjunto de nuances que podem contribuir para que este pareça inacessível para algumas pessoas. Todavia isso não é verdade. Apesar da complexidade do conceito, qualquer pessoa pode desenvolver a inteligência emocional, sendo esta importante não só para a vida profissional, como também, para a vida pessoal. Seguidamente iremos conhecer algumas dicas que o podem ajudar a desenvolver a inteligência emocional.

- Observe e analise o seu próprio comportamento:
observar a forma como se comporta perante as diversas situações e sentimentos, possibilita a retirada de ilações sobre a sua capacidade de inteligência emocional;

- Domine as suas emoções:
as pessoas apresentam comportamentos diferenciados, uma vez que, umas apresentam um comportamento mais energético enquanto outras são mais tranquilas. É por isso fundamental perceber quais as melhores formas de dominar as emoções e sentimentos antes de tomar decisões;

- Aprenda a lidar com a pressão:
a pressão, uma característica distintiva do mundo empresarial atual, constitui um elemento que contribui para que as pessoas se descontrolem em termos emocionais. Quanto mais aprimorada for a inteligência emocional de um indivíduo, mais confortável e seguro este se sentirá para resolver os seus problemas de uma forma mais assertiva;

- Desenvolva o sentimento de empatia:
a empatia, constitui uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento do ser humano, na medida em que, permite que este apresente a capacidade de se colocar no lugar do seu semelhante, observando a situação em causa através da sua perspetiva. Esta qualidade é fundamental principalmente para os líderes de uma empresa, uma vez que, são estes que têm de tomar as decisões mais difíceis, sendo importante que quando as tomem, tenham a capacidade de perceber as suas repercussões para os colaboradores.

Importância da inteligência emocional na gestão de uma empresa
A Inteligência Emocional representa um instrumento importante no mundo empresarial, na medida em que, a sua implementação permite alcançar melhores resultados em termos de gestão estratégica e de entendimento das reações emocionais de cada pessoa. Esta ferramenta de gestão propicia o desenvolvimento de um negócio, na medida em que, alguns dos entraves com que os empreendedores se deparam podem ser facilmente eliminados através do recurso à Inteligência Emocional. O grande impacto que representou no mundo dos negócios permitiu a obtenção de benefícios no decurso dos processos rotineiros das empresas, potencializando a produtividade, ao mesmo tempo que motiva todos os colaboradores em prol do mesmo objetivo, que é o crescimento e desenvolvimento do negócio.

Patrícia Neves

Partilhar

2022-06-08T10:25:38+00:00
Go to Top