Investidores em early stage: quem são e o que podem fazer pelo crescimento das empresas em Portugal?

A presença da Web Summit em Portugal tem trazido para cima da mesa uma série de temas relacionados com o mundo empresarial na era digital como a ascensão de startups portuguesas a unicórnios que valem milhões, a importância da liderança no crescimento sustentável dos negócios e os meios digitais como ferramentas cada vez mais importantes na comunicação das empresas com os seus clientes, consumidores e parceiros. Por outro lado, a conferência tem sido também um espaço privilegiado de intercâmbio entre as empresas e potenciais investidores. Mas o que são investidores e como podem fazer crescer as empresas? Neste artigo, vamos falar de investidores early stage, quem são e o que podem fazer pelo empreendedorismo e crescimento do ecossistema empresarial em Portugal.

De acordo com os dados da Startup Portugal, em 2019, as startups já representavam 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional números equiparáveis aos valores registados pelos mercados alemão e francês (cerca de 0,1%), e acima dos mercados espanhol, italiano e grego (0,1%, 0,03% e 0,02%, respectivamente).

Entre 2018 e 2021, contra todas as expectativas e depois de um ano de pandemia absolutamente devastador para o ecossistema empresarial português, mais mil milhões de euros foram investidos em startups de base tecnológica, em Portugal, tornando três tecnológicas portuguesas em unicórnio: a Outsystems, a Talkdesk e a Feedzai.

Estes números revelam um investimento crescente na tecnologia e inovação das startups e empresas portuguesas, e a importância dos investidores no crescimento do tecido empresarial português.

O que é o Early Stage Financing?
Early Stage Financing significa "investimento de primeira fase" e refere-se ao investimento que é feito numa empresa durante a sua fase de arranque. O investimento que é feito nas empresas nos primeiros estágios do seu desenvolvimento é aquilo a que chamamos de "early stage financing".

O que são investidores em early stage?
Desde o momento em que uma ideia de negócio surge na mente de um empreendedor até ao momento em que ela se torna uma empresa consolidada, ela passa por diversas fases de desenvolvimento. Em cada uma dessas fases, há metas a alcançar que são definidas e é preciso capital para atingi-las. Esse capital pode ser obtido junto a investidores.

Os investidores early stage podem ser capitais de risco, business angels individuais ou grandes grupos financeiros, investidores públicos, plataformas de crowdfunding ou mesmo incubadoras e aceleradoras que queiram investir em negócios promissores.

Estes investidores em early-stage têm um grande impacto no sucesso das startups. Para além de oferecerem financiamento, muitos deles ajudam estas empresas a encontrar o seu lugar no mercado global e contribuem para o seu sucesso através de um acompanhamento próximo, fornecendo ferramentas essenciais ao crescimento das empresas como a realização de sessões de mentoria, acesso a contactos estratégicos, formação e capacitação de empreendedores.

Diferença entre Seed Money e Early Stage Financing
Indicado para o lançamento de um novo produto ou serviço, o Capital Semente ou Seed Money pode ser aplicado numa fase inicial da empresa ou como forma de a posicionar no mercado.

O Capital Semente (Seed Money) pode ser distinguido do capital de risco (Early Stage Financing) na medida em que os investimentos de capital de risco tendem a vir de investidores institucionais, envolvem significativamente mais dinheiro, são transações de plena concorrência e envolvem uma complexidade muito maior nos contratos e estrutura empresarial que acompanham o investimento. O Capital Semente é geralmente um dos primeiros passos que os investidores se propõem a dar para arrancar antes de se tornarem totalmente operacionais.

O Capital Semente envolve um risco mais elevado do que o financiamento normal de capital de risco, uma vez que o investidor não vê nenhum projeto existente para avaliar o financiamento. Assim, os investimentos feitos são normalmente inferiores (nas dezenas de milhares para a ordem das centenas de milhares de dólares), em comparação com o investimento normal em capital de risco (na ordem das centenas de milhares para os milhões de dólares), para níveis semelhantes de participação na empresa.

Andreia Arenga

Partilhar

2022-11-07T16:14:30+00:00